Exposição O Jardim Verde e Amarelo no Museu do Meio Ambiente
5/6/2014

No Dia do Meio Ambiente, quinta-feira, 5 de junho, a exposição O Jardim Verde e Amarelo entrou em cartaz no Museu. A mostra é composta por 36 fotos do 15º Concurso de Fotografias do Jardim Botânico, promovido pela Associação de Amigos do Jardim Botânico. Tendo o cenário do JBRJ como pano de fundo, a mostra pretende chamar a atenção do público para a importância da conservação da biodiversidade.

Semana do Meio Ambiente no Jardim Botânico do Rio de Janeiro
De 2 a 10 de junho

Jardim comemora Semana do Meio Ambiente com várias atividades, lançamento de nova plataforma virtual e reabertura do Centro de Visitantes, agora mais moderno e sustentável.

De 2 a 10 de junho, o Jardim Botânico do Rio de Janeiro promove as comemorações da Semana do Meio Ambiente. A programação conta com uma exposição de fotos, mostras de filmes, fóruns ambientais, colóquio, atividades educativas e plantio de mudas. No encerramento da Semana, o Jardim lança dois projetos de grande destaque em 2014: o novo Centro de Visitantes e o Jardim Virtual.

Assinatura de convênio garante recursos para projetos de pesquisa

Para começar bem a Semana, no dia 2, o Jardim Botânico assina um convênio com o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). A parceria garantirá recursos para a continuidade do projeto Herbário Virtual/Reflora, de repatriamento digital de amostras de plantas do Brasil que estão em instituições estrangeiras. O convênio abrange ainda o Projeto Flora do Brasil 2020, que disponibilizará online as descrições, dados e imagens das mais de 40 mil plantas brasileiras já catalogadas.

Tecnologia a serviço da sustentabilidade e da qualidade no atendimento

O novo Centro de Visitantes e o Jardim Virtual são iniciativas alinhadas com as diretrizes da nova gestão da instituição, e fazem parte dos dez projetos estratégicos que estão em curso para promover a meta do JBRJ: tornar-se o Jardim mais sustentável do Brasil até 2016.

Jardim Virtual
O Jardim Virtual é a nova plataforma eletrônica da instituição, e inclui um portal e um aplicativo para celulares e tablets. O layout do portal foi totalmente remodelado, com visual mais limpo, moderno e de fácil navegação.

Já o aplicativo permitirá que o visitante descubra rotas no arboreto e acesse informações sobre serviços e atividades do Jardim, bem como uma enciclopédia virtual. Nesta, ele terá informações sobre as plantas, animais, personagens, edificações, monumentos e obras de arte que fazem parte da história do JBRJ.

Os dados da enciclopédia são georreferenciáveis (identificados via GPS), o que permitirá que o público se localize em mapas do arboreto e receba informações sobre pontos de interesse nas imediações. A instalação de pontos de WiFi na área do JBRJ é outra inovação do projeto, que traz ainda ferramentas de interatividade.

O Jardim Virtual entra no ar no dia 9 de junho, às 15h.

Centro de Visitantes
Imagine ouvir a história do Jardim Botânico contada por um Dom João VI holográfico e poder interagir com ele. Essa é uma das novidades que o Centro de Visitantes do JBRJ trará a partir de 10 de junho, quando reabre ao público.

Alinhado com o objetivo de transformar o JBRJ no Jardim mais sustentável do país, o Centro foi reformulado seguindo diretrizes da arquitetura sustentável.

Mais acolhedor, o Centro usará tecnologia de última geração para informar o público sobre os atrativos e serviços do Jardim. Na sala principal, uma exposição apresentará o Jardim Botânico e momentos marcantes de sua história.

Em uma sala dedicada ao Jardim Virtual, o usuário encontrará um totem interativo com informações sobre visitação. Haverá no local tablets disponibilizados gratuitamente e utilizados com o auxílio de monitores capacitados.

O Centro de Visitante reabre ao público em 10 de junho.

Mostras de filmes, colóquio, atividades educativas e fóruns marcam reabertura do Museu do Meio Ambiente

O Museu do Meio Ambiente será reaberto em 3 de junho para a Semana do Meio Ambiente. Além de uma exposição de fotos e de um colóquio sobre divulgação científica, mostras de filmes do Festival Pequeno Cineasta e do Cine Gaia fazem parte da programação. Todas as atividades do Museu têm entrada gratuita.

Exposição - No Dia do Meio Ambiente, quinta-feira, 5 de junho, a exposição O Jardim Verde e Amarelo entra em cartaz no Museu. A mostra é composta por 36 fotos do 15º Concurso de Fotografias do Jardim Botânico, promovido pela Associação de Amigos do Jardim Botânico. Tendo o cenário do JBRJ como pano de fundo, a mostra pretende chamar a atenção do público para a importância da conservação da biodiversidade.

Imagens dos renomados fotógrafos de natureza João Quental, Lena Trindade, Gustavo Pedro, Príamo Melo e Zeca Guimarães compõem a exposição, que fica em cartaz até 2 de agosto.

Colóquio - Às 10h do dia 5, um encontro com o tema “Desafios da Divulgação Científica” abrirá a série de colóquios “O Jardim mais Sustentável do Brasil”. Com mediação do físico Henrique Lins de Barros, convidados de diferentes instituições discutirão sobre as transformações na área e a abordagem multidisciplinar na divulgação da ciência. Ao longo do ano, a série de colóquios trará debates sobre temas de sustentabilidade na gestão do Jardim.

Cinema e Meio Ambiente – Como as crianças entendem a sustentabilidade? Algumas respostas podem ser vistas na Mostra Pequeno Cineasta – Sustente a sua História. O programa traz para o Museu filmes premiados de várias edições do Festival Internacional Pequeno Cineasta, como "A história de um banco", "A carta vermelha" e "O verdadeiro tesouro", todos feitos por crianças e jovens até 18 anos.

Nos dias da mostra serão gravados depoimentos dos participantes sobre sua relação com o meio ambiente e a sustentabilidade. O resultado deste trabalho será apresentado no Festival Pequeno Cineasta de 2014.

Já a Mostra Cine Gaia vai apresentar, na quarta e na quinta feira, produções brasileiras que participaram do Festival de Cinema Ambiental do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, na comemoração do bicentenário da instituição.

Local: Sala Multimídia do Museu do Meio Ambiente

Mostra Pequeno Cineasta | Terça, 3/6 (9h às 14h), quarta, 4/6 (9h às 10h30), sexta, 6/6 (9h às 14h), sábado 7/6 (13h às 17h), domingo, 8/6 (9h às 14h)
Mostra Cine Gaia | Quarta, 4/6 (13h às 17h), quinta, 5/6 (13h às 17h).

Fóruns – Um exercício de tomar decisões que envolvem meio ambiente e sociedade – assim são os Fóruns Ambientais, que promovem a reflexão e o diálogo com os participantes de forma interativa. Após a apresentação, os grupos participantes fazem uma votação eletrônica simbólica, que os coloca no papel de tomadores de decisão. A programação acontece na terça, quarta, sexta, sábado e domingo da Semana do Meio Ambiente.

Programa Educativo – O Museu oferecerá atividades educativas que abrangem trajetos e contação de histórias na área verde do JBRJ. O participante será estimulado a pensar sobre o meio ambiente e a sustentabilidade por meio de vivências sensoriais, experimentações lúdicas e do contato com as plantas e a fauna da instituição.

Criado especialmente para a ocasião, o trajeto “De João para Clarisse” revisita a trilha histórica do arboreto. No percurso, serão propostas novas interpretações para as coleções botânicas e monumentos artísticos e arquitetônicos.

(Veja os dias e horários dos Fóruns e das atividades do programa Educativo na Agenda, na última parte deste texto).

Atividades Educativas:

Trajeto | Em um passeio pelo arboreto, o público conhece detalhes, curiosidades, informações científicas e culturais de árvores, aleias e monumentos do Jardim.

Maleta Botânica | Uma introdução à pesquisa botânica. Os participantes produzem uma “exsicata”, amostra de planta seca com informações botânicas.
De João para Clarice | O trajeto revisita a trilha histórica do arboreto. No percurso, são propostas novas interpretações para as coleções botânicas e monumentos artísticos e arquitetônicos.

Borboletando | Uma reflexão sobre o equilíbrio e manutenção das espécies. Experimentação corporal com tecidos caracteriza os visitantes como borboletas, agentes polinizadores.

Caixa Preta de Darwin | Os participantes são instigados a pensar em outras possibilidades de divisão do território brasileiro e a relação entre os elementos naturais e culturais característicos de cada região.

Maleta de Solos | Experimentos resgatam conhecimentos tradicionais indígenas. Participantes conhecem diferentes tipos de solo e produzem pigmento à base de terra.

Encaixando Biomas | Jogo de encaixes e correspondências estimula a descoberta da biodiversidade da Caatinga e da Mata Atlântica. Os participantes percebem particularidades de cada espécie e as suas adaptações de sobrevivência.

Contação de Histórias | Em ambiente lúdico, a natureza é a fonte de inspiração para as narrativas musicadas.

Fórum | Em encontro mediado, o público pode discutir – e votar – sobre os temas propostos, ampliando a discussão sobre os diferentes fatores que impactam o meio ambiente

Visitante sorteado poderá deixar sua marca no Jardim plantando mangueira

Na sexta-feira, 6 de junho, um sorteio de plantio de mangueira dará a oportunidade a um visitante de deixar sua marca no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Os interessados deverão se reunir às 11h no Centro de Visitantes, de onde partirão com guias para o local do plantio. Lá os visitantes receberão senhas para o sorteio. O ganhador também receberá um certificado de plantador.

DIVERSÃO E EDUCAÇÃO AMBIENTAL | AGENDA
Terça-feira, 3/6

9h | Trajeto | Local: Recanto das Mangueiras
10h | Maleta Botânica | Local: Espaço de Clarice
11h | Maleta Botânica | Local: Espaço de Clarice
14h | Trajeto | Local: Recanto das Mangueiras
15h | Fórum | Local: Museu do Meio Ambiente
16h | Encaixando Biomas | Local: Cactário

Quarta-feira, 4/6
9h | Trajeto | Local: Recanto das Mangueiras
10h | Encaixando Biomas | | Local: Cactário
11h | Fórum | Local: Museu do Meio Ambiente
15h | Caixa Preta de Darwin | Local: Lago das Tartarugas

Sexta-feira, 5/6
9h | Trajeto | Local: Recanto das Mangueiras
10h | Maleta de solos | Local: Espaço de Clarice, na frente do lago
14h | Trajeto | Local: Recanto das Mangueiras
15h | Fórum | Local: Museu do Meio Ambiente
16h | Maleta de Solos | Local: Espaço de Clarice, na frente do lago

Sábado, 7/6
10h | Contação de Histórias | Local: Parquinho
11h | Fórum | Local: Museu do Meio Ambiente
12h | Borboletando | Local: Chafariz Central
14h | Trajeto | Local Encontro: Recanto das Mangueiras
15h | Contação de Histórias | Local: Parquinho
16h | Caixa Preta de Darwin | Local: Lago das Tartarugas

Domingo, 8/6
10h | De João para Clarice | Local: Centro de Visitantes
12h | Borboletando | Local Encontro: Chafariz Central
13h | Contação de Histórias | Local: Parquinho
15h | Fórum | Local: Museu do Meio Ambiente
16h | Caixa Preta de Darwin | Local: Lago das Tartarugas

Semana do Meio Ambiente no Jardim Botânico do Rio de Janeiro
De 2 a 10 de junho de 2014

O Jardim Botânico abre às segundas-feiras, das 12h às 17h, e de terça a domingo das 8h às 17h. Ingresso a R$ 6,00.
O Museu do Meio Ambiente abre de terça a domingo, das 9h às 17h. En trada gratuita.
Endereço: Rua Jardim Botânico, 1008.
Estacionamento: O estacionamento do Jardim Botânico do Rio de Janeiro foi desativado. Os visitantes podem estacionar no Jockey Club (em frente à Praça Santos Dumont), com direito a desconto mediante a apresentação do ingresso do Jardim.

Mais informações:
Assessoria de Comunicação do Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro
(21) 3204-2498/3205-2516
ascom@jbrj.gov.br
facebook.com/JardimBotanicoRJ
twitter.com/J_Botanico_RJ

jardim verde e amarelo

 

 

 

 

 

 

 

voltar à primeira página